Oceanografia quÍmica

Estuda as propriedades e a caracterização química das águas e dos sedimentos marinhos, a causa e o efeito das variações destas propriedades, em virtude do tempo e local, objetivando o conhecimento dos processos naturais que ocorrem nos oceanos e nas zonas de interação com o continente e/ou atmosfera, fornecendo subsídios para a avaliação do potencial produtivo dos ambientes marinhos. Analisa, também os poluentes na água e no sedimento, permitindo, com estudos combinados de outras áreas, identificar e quantificar os problemas de poluição marinha e seus efeitos sobre os organismos.

professores ocn qui

Profª. Drª. Cássia de Oliveira Farias

Possui graduação em Oceanografia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1993), mestrado em Geociências (Geoquímica) pela Universidade Federal Fluminense (1997) e doutorado em Química (Química Analítica Inorgânica) pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (2006). Tem experiência na área de Oceanografia, com ênfase em Oceanografia Química, atuando principalmente nos seguintes temas: monitoramento, hidrocarbonetos, plataforma continental, manguezais e sedimento. Tem experiência consolidada em espectrometria de massas aplicada à identificação e quantificação de marcadores moleculares.

Profª. Drª. Claudia Hamacher

Possui graduação em Oceanografia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1990), mestrado em Química (Química Analítica Inorgânica) pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1996) e doutorado em Química (Química Analítica Inorgânica) pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (2001). Atualmente é Professor Adjunto da Universidade do Estado do Rio de Janeiro e Profissional de Meio Ambiente Pleno da Petrobrás Transporte. Tem experiência na área de Oceanografia, com ênfase em Oceanografia Química. Atuando principalmente nos seguintes temas: Manguezal, Fluxo, Nutrientes, Carbono orgânico, Pigmentos e Cromatografia Líquida de alta eficiência.

Profº. Dr. Friedrich Wilhelm Herms

Possui graduação em Engenharia Química pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1983), mestrado em Química (Química Analítica Inorgânica) pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1988) e doutorado em Química (Química Analítica Inorgânica) pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (2002). Atualmente é consultor ad hoc da Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco, do Fundo de Apoio à Ciência e Tecnologia da Prefeitura de Vitória, da Fundação de Apoio à Pesquisa Científica e Tecnológica do Estado de Santa Ca, da Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro, e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Vice presidente do Comite da Bacia Hidográfica da Baía de Guanabara, membro do Conselho de Administração da Associação Pró-Gestão das Águas da Bacia Hidrográfica do Rio Paraíba do Sul - AGEVAP, representante da UEJ na Associação Pró-Gestão das Águas da Bacia Hidrográfica do Rio Paraíba do Sul - AGEVAP, membro do plenário do Comitê de Integração da Bacia Hidrográfica do Rio Paraiba do Sul - CEIVAP, membro do plenário do Conselho Estadual de Recursos Hídricos - CERHI, representante oficial da UERJ no Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Guandú da Guarda e Guandú Mirim - Comitê Guandu, e professor adjunto da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Faculdade de Oceanografia. Tem experiência na área de Química, com ênfase em Análise de Traços e Química Ambiental, atuando principalmente nos seguintes temas: oceanografia, meio ambiente, poluição, metal pesado e nutrientes.

Profª. Drª. Letícia Cotrim da Cunha 

Possui graduação em Oceanografia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1993), mestrado em Geociências (Geoquímica) pela Universidade Federal Fluminense (1996) e doutorado em Oceanologia (Geoquímica Orgânica) pela Université de Perpignan (França, 2000). Desde junho de 2012 é Professor Adjunto da Faculdade de Oceanografia da UERJ.
Profª. Drª. Luana Queiroz Pinho

Professora Adjunta na Faculdade de Oceanografia (Departamento de Química) da Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Terminou seu segundo Post Doc na Universidade de Linkoping (Suécia) em março de 2015, onde foi bolsista do Projeto de Cooperação Bilateral Brasil-Suécia (STINT), desenvolvendo seu trabalho com "Variações temporais e espaciais nas concentrações e fluxos de carbono orgánico volátil em lagos Suécos". Na Universidade Federal do Rio de Janeiro desenvolveu seu primeiro Post Doc entre julho de 2013 e março de 2014, defendeu seu doutorado em 2013 com o título "Special features of the carbon cycle in tropical aquatic environments" e mestrado em 2009 com o título "Carbono Orgânico Dissolvido: Alta variabilidade espacial em lagos brasileiros e um estudo de caso de dinâmica temporal em uma lagoa costeira". Além de obter obtido o título de Licenciada em Ciências Biológicas (2006) e Bacharel em Ecologia (2007). Foi editora executiva do Boletim da Sociedade Brasileira de Limnologia e Editora Executiva do Periódico Oecologia Brasiliensis (ISSN 1980-6442). Efetuou intercâmbio nas Universidades de Uppsala e Linkoping (Suécia) e IMEDEA - UIB (Espanha) durante sua formação. Foi membro do Comite da ASLO (American Society of Limnology and Oceanographic) como representante dos estudantes e Membro do Comite de Diversidade. Atua em linhas de pesquisa relacionada a Ciclo do Carbono em ambientes aquáticos (dulcícolas e marinho), onde trabalha com concentrações e fluxos de CO2, CH4 e VOC em diferentes ecossistemas.
Profº. Dr. Luis Henrique Melges de Figueiredo

Possui graduação em Oceanografia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1985), mestrado em Química (Química Analítica Inorgânica) pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1988) e doutorado em Química (Química Analítica Inorgânica) pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1998), com estágio doutoral "sandwich" na Universidade Pierre et Marie Curie - Paris 6, na França (1996-1997). Atualmente é Diretor Presidente da Golder Associates Brasil e professor adjunto da Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Tem larga experiência na área de Oceanografia, com ênfase em Interações Químico-Biológicas/Geológicas das Substâncias Químicas da Água do Mar, bem como em estudos ambientais para licenciamento de empreendimentos minerais, de petróleo e gás e industriais, sendo especialista em investigações ambientais, avaliação de risco e remediação ambiental.

Profº. Dr. Marcos Antonio Fernandez

Graduado em Oceanografia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1988), Mestre em Geociências (Geoquímica) pela Universidade Federal Fluminense (1994) e Doutor em Química (Química Analítica Inorgânica) pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (2001). Atualmente é professor adjunto e Diretor da faculdade de Oceanografia da Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Tem experiência nas áreas de Oceanografia Química e Geoquímica Marinha, atuando especialmente com poluição por metais e esgotos domésticos, e na área de Ecotoxicologia Marinha, atuando principalmente no desenvolvimento de técnicas de biomonitoramento para poluição por antifoulings e metais pesados. Nos últimos anos tem desenvolvido tecnicas não-destrutivas para emprego em bioensaios e biomonitoramentos.